A Bang & Olufsen e o seu Museu





 

 Museu da Bang & Olufsen apresenta a trajetória e as exclusivas peças da marca através de diferentes maneira


A Bang & Olufsen, empresa líder na fabricação de produtos de áudio e vídeo, possui um museu próprio da marca. Localizado em Struer, na Dinamarca, cidade natal da empresa, o espaço mostra muito mais do que a trajetória e as peças históricas da B&O, sendo um lugar ideal para os apreciadores da alta tecnologia e designs inovadores em aparelhos de som, televisões de plasma, alto-falantes, entre outros.

Após oito décadas no mercado, a Bang & Olufsen decidiu criar um espaço para guardar e compartilhar sua história. No museu da empresa, os visitantes podem conhecer toda a trajetória da marca, desde seu início em 1920, até sua atual posição no segmento. Através de tecnologias multimídia e interativas, a história da B&O é apresentada em seqüência cronológica.

O Museu Bang & Olufsen destaca não somente a evolução da marca ao longo de sua trajetória, como também grande parte das peças integrantes do portfólio da B&O. Projeções em telas e paredes mostram gravações históricas e inéditas da marca, além de materiais como panfletos, pôsteres, brochuras, catálogos, fotos e filmes envolvendo a empresa.


 Revestido de vidro, o telhado do Museu Bang & Olufsen foi projetado em formato de pirâmide, atraindo a atenção daqueles que passam perto do local. Muito mais do que a história de Peter Bang e Svend Olufsen, engenheiros e fundadores da marca, o museu conduz os visitantes através de uma viagem na trajetória evolutiva do som, da imagem e das mídias eletrônicas, mostrando a influência do desenvolvimento da tecnologia no cotidiano das pessoas atualmente. O espaço ainda conta com pinturas desenvolvidas por Liim Fiord, que representam paisagens ocidentais e a atual situação da cidade de Struer.

Conhecida pela alta performance e design arrojado de seus produtos, a Bang & Olufsen lança apenas três peças por ano. Todas as exclusividades da marca podem ser encontradas no Museu Bang & Olufsen, que custou mais de 5 milhões de euros para ser construído, sendo que metade deste valor foi doado por Peter Bang e sua esposa Kirsten Bang. No entanto, a doação pode parecer insignificante se compararmos com o faturamento da empresa em 2007, que chegou aos US$ 918,9 milhões.

Para serem desenvolvidos, os produtos da Bang & Olufsen passam por um processo diferenciado. Através de um departamento da empresa chamado de Idealand, a B&O se preocupa em determinar o design de cada peça antes mesmo de definir como serão equipadas eletronicamente. Outra identidade exclusiva da marca é o conceito Blue Print Evolution presente na organização de suas lojas. Desenvolvido pelo arquiteto dinamarquês Erik Sorensen, o projeto consiste em expor os produtos da marca para serem apreciados sob vários ângulos, assemelhando as lojas da B&O a uma galeria de arte.

Com lojas espalhadas pelo mundo, sendo quatro no Brasil (três em São Paulo e uma no Rio de Janeiro), a Bang & Olufsen desenvolve os mais tecnológicos e sofisticados produtos de áudio e vídeo. A empresa que acompanhou de perto a evolução das técnicas multimídia, exibe sua história no elegante Museu Bang & Olufsen. Muito mais do que a exposição de peças, o museu envolve seus visitantes com projeção de imagens e áudio exclusivos, encantando os admiradores da marca.  Fonte: Portal do Luxo.



Gostou? Compartilhe: