Muito charme e requinte na decoração da sua casa



Decorar a casa não é só uma questão de elegância: é preciso ter muito charme e requinte envolvidos no planejamento para deixar a residência com a personalidade de quem mora nela. Por isso, antes de começar os trabalhos de reformas e compras de novos móveis é preciso ter em mente que o investimento deve todo ir para aquilo que mais agrada quem vive na casa. Desse jeito, é muito mais fácil deixar feliz também quem a visita de vez em quando.

E como fazer esse tipo de investimento ser o mais barato possível, sem perder nada em qualidade e bom gosto? Uma das principais dicas é fazer você mesmo as coisas que você gostaria de ter na casa: seja uma cortina, um enfeite ou até o móvel para sua TV, tudo pode ser feito ou otimizado por você. Quem não tem habilidades de marcenaria, por exemplo, para criar do nada um novo móvel, pode customizar o que já existe. E também pode pintar móveis, paredes, teto... e deixar a casa com ares de nova.

Das opções de móveis para sala, muitos podem ser sinônimos de charme e requinte. Basta saber escolher o material e o lugar em que cada um vai ficar para fazer valer os conceitos de beleza e luxo dentro da nova decoração. Aproveite cada espaço vazio nos ambientes para fazer uma intervenção de acordo com o seu gosto, seja com um quadro, um enfeite ou até mesmo um novo móvel. Tudo é válido para deixar o ambiente mais aconchegante.

Uma coisa que não podemos perder de vista quando estamos decorando é a praticidade dessa intervenção. Quem pretende fazer a decoração do ambiente com um estilo mais minimalista, por exemplo, deve ficar atento com a praticidade e o charme dos móveis que realmente escolher para colocar na casa. Não dá para colocar nem mais e nem menos do que o previsto apenas pelo luxo e pelo requinte; é preciso pensar a médio e longo prazo quando se está decorando.

Por fim, tenha muito cuidado com a qualidade dos produtos escolhidos, desde a tinta paraparede até os grandes e novos móveis, em caso de uma reforma geral. Muitas vezes o barato pode sair caro, por isso toda atenção é pouca na hora de fazer um novo investimento decorativo. Melhor pagar um pouco mais caro por algo que vai durar do que fazer pechincha em um produto que não vai acrescentar nem charme e nem requinte à sua casa.

Gostou? Compartilhe: