Príncipe William e Kate Middleton ficam noivos


As mocinhas casadoiras da corte inglesa devem estar se roendo de inveja. O melhor partido do reino, o Príncipe William resolveu ficar noivo de sua antiga namorada Kate Middleton. Os dois viviam um conto de fadas moderno cheio de idas e vindas desde 2001. Os dois tem 28 anos de idade e se conheceram quando faziam um curso de arte na Universidade St. Andrews.
 
Apesar deles terem ficado noivos mes passado durante uma viagem ao Quênia, só agora o noivado foi divulgado pela realeza.
 
William fez tudo direitinho como manda o figurino. Pediu a mão da moça ao pai dela que não tem sangue azul, mas em compensação é dono de uma abarrotada conta no banco.
 
O casamento deve acontecer em meados do ano que ve e o casal vai morar no norte do País de Gales, onde o príncipe continuará servindo a Força Aérea Britânica.William é o segundo na linha de sucessão ao trono britânico e Kate trabalha numa empresa de sua família, que oferece acessórios para festas.
 
Todos da família real aprovaram e se disseram "encantados"com o noivado do príncipe. Kate Middleton ganhou de presente do noivo o anel de noivado que foi de Diana e já tem apostas rolando na corte, que dessa vez o povo britânico, órfão há tanto tempo de sua Lady Dy, agora encontrou definitivamente uma substituta à sua altura.
 
Agora dá uma olhadinha no anel de que foi de Diana e que William deu a Kate. Coisa mesmo de príncipe para princesa!

Giorgio Armani traz em suas peças de decoração a elegante sobriedade do estilista italiano a sua casa

Divulgação

Referência nos anos 30: sobriedade em móveis e acessórios

Giorgio Armani, o renomado estilista italiano conhecido pelo tom clássico e linear de sua marca, estendeu seus negócios entrando no mundo da decoração. Com a primeira unidade inaugurada em Milão no ano 2000, a Armani/Casa tem hoje 80 lojas espalhadas por 45 países, em cidades como Milão, Paris, Londres, Munique, Barcelona, Nova York, Buenos Aires e Tokyo. Assim como seu design em moda, as elegantes linhas de decoração Armani seguem seu já conhecido minimalismo e têm a atenção aos detalhes como característica marcante.

O conhecido estilo discreto da linha de vestuário que leva o nome Armani há oito anos pode estar presente em cada cômodo das casas. Todos os produtos da marca Armani/Casa recebem um fino acabamento, como em ébano, madeira laqueada, placas de metal, couro ou tecidos exclusivos da marca, que tornam cada criação uma luxuosa peça. As produções, que ajudam a compor elegantes ambientes, variam de formatos mais simples e tradicionais, como os abajures triangulares, peça símbolo da marca, aos mais curvos e assimétricos, como mesas com três pés.


Divulgação
Armani/Casa segue o estilo discreto da marca na criação de ambientes

A mais recente coleção de mobília da linha Armani/Casa foi inspirada nos anos 30, com peças que lembram os sofisticados ambientes de gravação dos anos dourados de Hollywood, e, como nas passarelas, a linha de mobílias não abusa das cores. Armani sempre aposta em tons pastéis, muito preto e branco, e também nas cores próprias, que surgem da mistura de tons sóbrios e elegantes.

Para ajudar o público na escolha e na combinação dos seus produtos de decoração, o grupo Armani oferece um serviço de consultoria em homewear, que recebeu o nome de Estúdio de Design Armani/Casa. A novidade, por enquanto disponível apenas em Nova York e Los Angeles, se compromete a contribuir para a composição de um ambiente perfeito, unindo as novas tendências do mundo da decoração ao estilo pessoal de cada cliente.

Divulgação
A Armani/Casa produziu peças exclusivas para decorar o espaço de reuniões do time inglês de futebol Chelsea

Comprovando sua versatilidade, Giorgio Armani recentemente foi convidado pelo time inglês Chelsea Football Club, cujo uniforme social leva a assinatura do estilista, a decorar a nova suíte da diretoria com produtos da linha Armani/Casa. O Armani Lounge, nome dado ao espaço de reuniões do clube, possui dois ambientes cuja cor predominante é a greige, uma mistura de bege e cinza criada por Armani. A exclusividade da decoração do lounge não pára na cor própria do estilista. A Armani/Casa produziu móveis especialmente para o espaço, como as mesas com lâminas de metal líquido na cor bronze, e usou tecidos exclusivos nos sofás em que a equipe assiste à transmissão dos jogos do time.

Aos brasileiros que apreciam e aplicam o clássico e sóbrio bom gosto do estilista italiano Giorgio Armani também em suas casas, a notícia é boa. Segundo André Brett, representante nacional da marca juntamente com sua sócia Michelle Nasser, já há “planos em estudo” a respeito da vinda de uma loja Armani/Casa para o Brasil.