Vinho francês Petrus, um bordeaux de excelência


O vinho francês Petrus ganhou destaque na década de 40 e
é hoje um dos melhores e mais valorizados do mundo

Considerado um dos melhores produtores de vinho do mundo, o Château Petrus tem sua história de sucesso relativamente recente. Com qualidade francesa, da região de Bordeaux (segunda maior área mundial no cultivo de parreiras), sua produção ganhou notoriedade há cerca de 60 anos, quando uma colheita excepcional chamou a atenção internacional para o Château, que hoje oferece um dos mais caros e desejados vinhos. Apreciadores e investidores disputam as garrafas, que podem chegar a custar R$ 40 mil, como o Château Petrus da safra de 1947.

Divulgação
O vinho Petrus está entre os mais apreciados do mundo

O vinho produzido pelo Château Petrus tornou-se lendário no final da Segunda Guerra Mundial, quando pertencia à família Arnaud (proprietária do domaine desde o século XIX) e à Madame Loubat (esposa de um empresário da vizinha cidade de Libourne, que adquiriu parte da vinícola em 1925). Em 1945, uma safra de qualidade especial proporcionou a produção de vinhos altamente apreciados, que se destacaram inclusive dos vinhos produzidos em outras propriedades da região. Desde então, a bebida foi valorizada e hoje atrai a atenção de apreciadores e até de investidores, que arrematam todos os anos a produção da vinícola. Descendentes de Jean-Pierre Moueix, influente negociante de vinhos de Libourne que na época em que a bebida ganhou destaque fazia sua distribuição com exclusividade, são os atuais proprietários do Château.


O sucesso do tinto Petrus começa pelo solo e cuidados com que o vinho é produzido na propriedade de 11,5 hectares, localizada em Pomerol, na região de Bordeaux. O terreno do parreiral é argiloso e possui uma ótima drenagem, além de um subsolo dotado de óxido de ferro, que promove ao vinho características acentuadas, pois garante a estabilidade dos complexos organominerais do solo, tornando-o extremamente rico e produtivo.


Divulgação
Château Petrus, na região do Pomerol, vinícola da família Moueix

Criado com seleção de uvas cultivadas em condições climáticas ideais, o Château Petrus é resultado de um trabalho praticamente artesanal, que dá complexidade e fineza ao vinho. As uvas são colhidas manualmente no prazo de duas tardes e cuidadosamente selecionadas antes de serem prensadas. A fermentação é realizada suavemente em tanques de concreto, com temperatura controlada, tudo sob a supervisão do enólogo Jean-Claude Berrouet, que comanda uma equipe especializada. O vinho é envelhecido em tonéis feitos 100% de carvalho.


Destaque como um dos melhores do mundo, o vinho Petrus, de cor intensa e aroma rico e


Divulgação
Edouard Mouiex, herdeiro da Jean-Pierre Mouiex, que produz o vinho Petrus

complexo, é composto por uma mistura de duas uvas: 5% de qualidade cabernet franc, com propriedades gustativas e olfativas leves, e 95% de uvas merlot, que originam bebidas menos ácidas, com suave sabor de ameixas, e que exigem um tempo mais curto de maturação (cerca de dez anos) para oferecer uma prazerosa degustação. Este blend, diferente da proporção consagrada dos vinhos da região de Pomerol (30% cabernet franc e 70% merlot), reforça exclusividade do Château Petrus.


Todo o segredo da produção do vinho Petrus, de propriedade da companhia Jean-Pierre Moueix, se reflete na qualidade da limitada produção anual da vinícola: cerca de 25 mil garrafas para serem distribuídas por todo o mundo. A família Moueix, proprietária do Château Petrus, possui diversas outras vinícolas em Pomerol (Trotanoy, Hosanna, Lafleur-Gazin, La Fleur-Pétrus, Latour à Pomerol, Certan Marzelle, Lagrange, La Grave e Providence) e em Saint-Emilion (Magdelaine), regiões bem próximas e produtoras de bebidas macias, delicadas e complexas, que dão ainda mais notoriedade à produção francesa de vinhos.


Divulgação
Apenas 25 mil garrafas de Petrus são produzidas por ano

Vinhos encorpados e sofisticados como o francês Petrus são raros e costumam ser servidos em ocasiões especiais. Acompanhando uma saborosa refeição, compartilhado com amigos ou em alguma comemoração, o vinho encanta por seu sabor acentuado e inigualável. O Petrus é uma verdadeira preciosidade, resultado de uma produção limitada e quase artesanal, que justifica sua posição como um dos mais apreciados em todo o mundo, seduzindo inclusive os amantes do vinho no Brasil, segundo maior consumidor da bebida na América Latina. Fonte: Portal do Luxo


Gostou? Compartilhe: