Mala, a melhor companheira de viagens

A melhor companheira de viagens
A Rimowa, com 110 anos de tradição, é sinônimo de design,
qualidade e versatilidade em bagagens
Divulgação
Rimowa, pioneira em malas de alumínio e policarbonato: sinônimo de exclusividade

A tradicional marca de malas Rimowa, que nasceu em 1898 em Colônia (Alemanha), foi pioneira na produção de modelos em alumínio e em policarbonato puro. Parcerias com a Porsche e a Lufthansa reforçam o posicionamento da empresa no mercado do luxo. Com 23 boutiques em todo o mundo, inaugurou recentemente a primeira flagship da América Latina, em São Paulo. Menos de um ano depois, a empresa abriu sua segunda flagship brasileira no Rio de Janeiro, e terá uma nova loja paulistana em setembro.




A Rimowa, especializada em bagagem de mão e despachada, está há 110 anos no mercado. No início, a empresa fazia baús artesanais de madeira com acabamento e interior em couro, para serem usados em viagens de navio. Com a invenção do avião, passou a utilizar o alumínio na confecção de suas malas, mesmo material do acabamento das primeiras aeronaves. A tecnologia começou a ser desenvolvida em 1937, quando a empresa, ainda chamada Kofferfabrik Paul Morzeck, estava sob o comando de Richard Morszeck, e a primeira mala Rimowa de alumínio foi lançada em 1950.

Para tornar as malas mais finas e leves, foram criadas as nervuras, que dão maior resistência ao produto e que hoje são marcas da qualidade e do design da Rimowa. O nome da empresa hoje tem origem nas sílabas iniciais do nome do idealizador das malas de alumínio, acrescidas de "wa", indicador de Warenzeichen (“marca registrada” em alemão).

Divulgação
Todas as boutiques Rimowa têm o mesmo padrão de decoração da loja em Munique

A partir dos anos 50, década em que a primeira mala de alumínio foi lançada, os charmosos produtos da empresa despertaram a atenção de fotógrafos e profissionais do cinema, e começaram a ser usados para guardar os então sensíveis e caros equipamentos cinematográficos. Em 1976, uma linha hermética e impermeável foi criada especialmente para oferecer maior proteção aos caros equipamentos, tecnologia incorporada posteriormente em todas as linhas da marca. A partir daí, a Rimowa ganhou notoriedade e se tornou um desejo de consumo.
Sempre inovadora, a Rimowa desenvolveu em 2000, depois de quatro anos de pesquisa e € 10 milhões investidos, as primeiras malas de policarbonato puro em todo o mundo. O material exclusivo da marca, isento de qualquer mistura com outras substâncias, permite o máximo de sua eficiência: muito leve, suporta temperaturas extremas e resiste a grandes impactos. “As novidades também têm utilidade, é tudo pensado de acordo com a necessidade do cliente”, afirma Ulrich Weskott, CEO para a América Latina.

Divulgação A modelo Isabela Fiorentino na boutique

Rimowa dos Jardins, no Promenade Chandon

Em 2008, buscando oferecer ainda mais conforto para quem viaja, a Rimowa lançou o easypack, um sistema que adapta o interior da mala a pouco volume de bagagem. Versáteis, as malas Rimowa são compartimentadas e possuem um sistema de trancas com tecnologia aprovada pela TSA (Administração de Segurança e Transportes), que permite a verificação em alfândegas sem que seja necessário violar seu código secreto. O sistema multi-wheel, também criado pela empresa alemã, complementa sua praticidade, oferecendo mobilidade e leveza através de rodas com rolamento e giro de 360ºC.
A empresa, que é sinônimo de exclusividade, oferece um serviço de pós-atendimento ligado a hotéis cinco estrelas. Depois de passar por um treinamento, o concièrge está apto a identificar malas Rimowa dos hóspedes do hotel e providenciar possíveis reparos em menos de 24 horas. No Brasil, o sofisticado atendimento já existe nos hotéis Fasano, Hilton e Emiliano, e está sendo implantado nos hotéis Hyatt e Unique.


Continua

Gostou? Compartilhe: