Mala, a melhor companheira de viagens

A melhor companheira de viagens
A Rimowa, com 110 anos de tradição, é sinônimo de design,
qualidade e versatilidade em bagagens
Divulgação
Rimowa, pioneira em malas de alumínio e policarbonato: sinônimo de exclusividade

A tradicional marca de malas Rimowa, que nasceu em 1898 em Colônia (Alemanha), foi pioneira na produção de modelos em alumínio e em policarbonato puro. Parcerias com a Porsche e a Lufthansa reforçam o posicionamento da empresa no mercado do luxo. Com 23 boutiques em todo o mundo, inaugurou recentemente a primeira flagship da América Latina, em São Paulo. Menos de um ano depois, a empresa abriu sua segunda flagship brasileira no Rio de Janeiro, e terá uma nova loja paulistana em setembro.




A Rimowa, especializada em bagagem de mão e despachada, está há 110 anos no mercado. No início, a empresa fazia baús artesanais de madeira com acabamento e interior em couro, para serem usados em viagens de navio. Com a invenção do avião, passou a utilizar o alumínio na confecção de suas malas, mesmo material do acabamento das primeiras aeronaves. A tecnologia começou a ser desenvolvida em 1937, quando a empresa, ainda chamada Kofferfabrik Paul Morzeck, estava sob o comando de Richard Morszeck, e a primeira mala Rimowa de alumínio foi lançada em 1950.

Para tornar as malas mais finas e leves, foram criadas as nervuras, que dão maior resistência ao produto e que hoje são marcas da qualidade e do design da Rimowa. O nome da empresa hoje tem origem nas sílabas iniciais do nome do idealizador das malas de alumínio, acrescidas de "wa", indicador de Warenzeichen (“marca registrada” em alemão).

Divulgação
Todas as boutiques Rimowa têm o mesmo padrão de decoração da loja em Munique

A partir dos anos 50, década em que a primeira mala de alumínio foi lançada, os charmosos produtos da empresa despertaram a atenção de fotógrafos e profissionais do cinema, e começaram a ser usados para guardar os então sensíveis e caros equipamentos cinematográficos. Em 1976, uma linha hermética e impermeável foi criada especialmente para oferecer maior proteção aos caros equipamentos, tecnologia incorporada posteriormente em todas as linhas da marca. A partir daí, a Rimowa ganhou notoriedade e se tornou um desejo de consumo.
Sempre inovadora, a Rimowa desenvolveu em 2000, depois de quatro anos de pesquisa e € 10 milhões investidos, as primeiras malas de policarbonato puro em todo o mundo. O material exclusivo da marca, isento de qualquer mistura com outras substâncias, permite o máximo de sua eficiência: muito leve, suporta temperaturas extremas e resiste a grandes impactos. “As novidades também têm utilidade, é tudo pensado de acordo com a necessidade do cliente”, afirma Ulrich Weskott, CEO para a América Latina.

Divulgação A modelo Isabela Fiorentino na boutique

Rimowa dos Jardins, no Promenade Chandon

Em 2008, buscando oferecer ainda mais conforto para quem viaja, a Rimowa lançou o easypack, um sistema que adapta o interior da mala a pouco volume de bagagem. Versáteis, as malas Rimowa são compartimentadas e possuem um sistema de trancas com tecnologia aprovada pela TSA (Administração de Segurança e Transportes), que permite a verificação em alfândegas sem que seja necessário violar seu código secreto. O sistema multi-wheel, também criado pela empresa alemã, complementa sua praticidade, oferecendo mobilidade e leveza através de rodas com rolamento e giro de 360ºC.
A empresa, que é sinônimo de exclusividade, oferece um serviço de pós-atendimento ligado a hotéis cinco estrelas. Depois de passar por um treinamento, o concièrge está apto a identificar malas Rimowa dos hóspedes do hotel e providenciar possíveis reparos em menos de 24 horas. No Brasil, o sofisticado atendimento já existe nos hotéis Fasano, Hilton e Emiliano, e está sendo implantado nos hotéis Hyatt e Unique.


Continua

Riviera Italiana com elegância e discrição


Portofino, refúgio de jet sets apaixonados por náutica é, segundo a lenda, o vilarejo mais fotografado do mundo


Portofino, situado no golfo de Rapallo, na Itália, esbanja cores, charme e megaiates ao redor de seu pequeno porto, que de tão belo foi declarado patrimônio histórico. De toda a Ligúria, região conhecida como Riviera italiana, Portofino é o vilarejo mais bem freqüentado. Turistas e habitués
não se cansam de contemplar e registrar o cenário criado pelo contraste do azul do Mar Mediterrâneo, pontilhado pelas luxuosas embarcações ancoradas na baía, com as coloridas fachadas das casas, complementado com o verde da mata nativa, que faz do vilarejo, segundo a jornalista Patricia Schultz, o mais fotografado do mundo.



O contraste do mar, fachadas e mata fazem de Portofino o vilarejo mais fotografado do mundo


Para aproveitar toda a região, “navegar é preciso”. Para os felizes adeptos do alto luxo, a melhor escolha, são os serviços exclusivos da MC Yacht Chartering, que providencia a viagem perfeita em megaiates, que, de acordo com seu porte, podem custar de € 25 mil até € 450 mil por uma semana de cruzeiro particular. No Brasil, é possível comprar um minicruzeiro de luxo que aporta em Portofino, como o realizado pelo Wind Surf (embarcação que possui 123 cabines externas), oferecido pela empresa de turismo
Queensberry, por U$ 3.719 durante uma semana.

A natureza em Portofino é privilegiada tanto no mar quanto em terra. Protegida pelo governo italiano, a mata nativa da região é uma reserva por onde se pode caminhar e apreciar as paisagens, com destaque para a vista do
Hotel Splendido, instalado estrategicamente no alto de uma colina, de onde se enxerga, primeiramente, seu jardim de 1,5 hectare e, ao fundo, todo o porto, com as límpidas águas azuis.


Vista proporcionada pelo Hotel Splendido de seu jardim de 1,5ha com o porto ao fundo

Portofino se tornou um local de jet sets internacionais em 1901, quando começou a receber as mais nobres famílias européias. O Hotel Splendido, cujo prédio foi originalmente um mosteiro, é considerado o hotel histórico mais luxuoso do mundo. Alguns de seus primeiros hóspedes foram o duque e a duquesa de Windsor. A lista de personalidades famosas que freqüentaram o hotel é extensa, contando com nomes como Lauren Bacall, Humphrey Bogart, Richard Burton, Clark Gable, Rex Harrison, Ava Gardner, Grace Kelly, Liza Minelli, Elizabeth Taylor e Catherine Deneuve.


Portofino oferece excelentes opções de gastronomia e compras. Entre as mais típicas da Itália, a culinária da Ligúria pode ser apreciada no vilarejo, que oferece pratos como a cobiçada massa trenette ao molho pesto. Para as compras, as ruas e piazzas do vilarejo oferecem as melhores lojas do luxo italiano e internacional, como Dolce & Gabbana, Ermenegildo Zegna, Giorgio Armani, Hermès e Louis Vuitton.


Iate do superstar Rod Stewart, que realizou seu casamento com a modelo Penny Lancaster nas águas de Portofino

Mais de cem anos depois de “descoberto” pela elite européia, Portofino continua sendo um local procurado por jet sets internacionais e confirma sua vocação náutica. Em 2007, o cantor Rod Stewart escolheu a região para casar-se com a modelo Penny Lancaster. O roqueiro Mick Jagger e o cantor Elton John foram alguns dos convidados que compareceram à festa promovida no iate do noivo, ancorado em Portofino.

Chegando-se por mar, navegando pelo Mar Mediterrâneo, ou por terra, Portofino fica a 78 quilômetros a sudoeste de Gênova, e é destino certo para os apreciadores de locais discretos, elegantes e luxuosos. Um deleite para os amantes da navegação.

Vestido de personalidade


Estilistas inovam ao criar modelos para o “grande dia”, marcando as diferentes personalidades das noivas


O clássico vestido da Isabela Fiorentino, feito pelo estilista Tufi Duek


O estilo da noiva tem sido cada vez mais incorporado aos modelos de vestido propostos por badalados estilistas. Para atender ao desejo de um vestido perfeito para um dia de sonho, os modelos estão se libertando de antigas regras de corte, cor, e tipo de tecido, e ganharam mais liberdade para expressar a personalidade de quem irá usá-lo em um dos dias mais importantes de sua vida, o dia de seu casamento. As noivas podem ser modernas, ecológicas, inovadoras e até mesmo clássicas, como a modelo Isabela Fiorentino que se casou com Stefano Hawilla em um vestido tomara-que-caia feito por Tufi Duek, fundador da Fórum.


A última edição da New York Bridal Week, semana de moda noiva que acontece duas vezes por ano em Nova York, (a última ocorreu em abril) contou com modelos de estilistas como Carolina Herrera, Vera Wang (que começou na moda fazendo vestidos de noiva) e Oscar de La Renta. As tendências para as noivas estão muito longe dos tradicionais vestidos “bolo de noiva” com muitas camadas de tecido. Abusando da cintura marcada, com faixas e cintos que parecem jóias, vestidos rodados inspirados na década de 50 e comprimentos mais curtos e volumosos deixam as noivas mais femininas. Os vestidos de um ombro só apareceram em quase todas as coleções, assim como tecidos de diferentes texturas.

Divulgação
Um charmoso curto com cintura marcada da nova coleção de Oscar de La Renta

Cada vez mais diversificados, os vestidos fogem do tradicional e se aproximam do estilo de vida e da personalidade da noiva. O branco há muito tempo não é mais uma exigência nas cerimônias de casamento. Além dos tons pastel como champagne e creme, muitos estilistas estão inovando e apostando na cor prata. Vestidos de Carlos Miele, Glória Coelho e Lino Villaventura abusam do brilho da cor e de texturas diferentes para deixar o vestido prata ainda mais sofisticado. Algumas noivas marcam seu estilo e escolhem cores ainda mais marcantes, como a esposa do apresentador Fausto Silva, Luciana Cardoso, que usou um vestido preto bordado com pedrarias da marca Escada em seu casamento.

A criatividade está à solta, e os diferentes estilos de vestidos para noivas são marcados por muito mais do que simples variações de cor. Ousada, a modelo Isabelli Fontana se casou em um mini-vestido bordado com cristais Swarovski feito pela estilista Donatella Versace, fazendo um estilo bem moderno e descontraído, e com muita elegância. Outra tendência que logo aponta a personalidade da noiva é o estilo “ecológico”, com vestidos de tecidos naturais, textura leve e modelo sem rebuscamento no corte, permitindo movimentos livres. As noivas “ecológicas” geralmente optam por cerimônias realizadas ao ar livre, próximo à natureza. Uma estilista especializada nesse tipo de modelo é Stella MacCartney, que fez vestidos para celebridades como Madonna e Uma Thurman.

Divulgação
Ícone de elegância, Jackie Kennedy usou vestido da estilista Anne Lowe

Mesmo entre a diversidade de estilos de noiva de hoje, existem as que preferem o tradicional, com modelos clássicos ou bem clean. A modelo Daniela Sarahyba se casou em um Valentino de renda e mangas compridas, que gerou comentários por seus inúmeros detalhes, e a cantora Wanessa Camargo optou por um tomara-que-caia liso da Calvin Klein. Entre os dois estilos está o vestido de Marina Morena (filha do cantor e ministro da Cultura Gilberto Gil), em tafetá com decote em “V” e uma flor de tecido nas costas, feito pelo estilista André Lima.


Algumas celebridades e seus estilos de destaque tornaram os modelos usados em seus casamentos verdadeiros marcos. O vestido da princesa Diana, uma das figuras mais marcantes do século XX, feito por David e Elizabeth Emanuel, foi um dos mais copiados do mundo, com suas mangas bufantes e véu longo. A princesa Grace Kelly, ideal de beleza e elegância, é considerada uma das noivas mais bonitas da história com seu comportado vestido dos anos 50, que virou parte da mostra “Os Anos Grace Kelly”, realizada na prefeitura de Paris. A mostra deve percorrer a Europa durante 2008. Outro símbolo de glamour que teve seu vestido muito copiado foi Jaqueline Kennedy, que, em seu primeiro casamento, usou um vestido que deixava os ombros à mostra, com assinatura estilista Anne Lowe.
Divulgação')" border="0">
Tiara da Talento Jóias completa e dá ainda mais glamour ao visual da noiva ecológica

Para compor o visual completo das noivas, somando-se ao estilo do vestido escolhido, há os arranjos de cabeça. Vários tipos de tiaras e pentes feitos em ouro branco, brilhantes e pérolas adornam noivas ecológicas, clássicas, modernas e até mesmo ousadas. Mulheres de atitude, com diferentes estilos, imprimem seu estilo em todos os detalhes do casamento, a começar por sua apresentação, deixando o grande dia ainda mais especial.

Fonte: Portal do Luxo