Lugar especial no inverno

No frio de São Joaquim

Tudo indica que vai fazer um frio intenso durante o próximo feriado, na semana que vem, e esse é um estímulo e tanto para aquela turma que curte viajar no inverno. São Joaquim, em Santa Catarina, é um dos destinos mais frios do Brasil. A cidade fica a mais de 1 350 metros de altitude e a temperatura no inverno pode chegar a dez graus negativos. De vez em quando, até neva e, como o fenômeno não é muito comum em território brasileiro, a cidade costuma receber muitos turistas no período de junho e julho, na expectativa de ver o dia amanhecer coberto de branco.
Cláudio Larangeira
Depois da neve: a vista da cidade de São Joaquim, em Santa Catarina

São Joaquim fica 241 quilômetros de Florianópolis, em uma região que é uma das maiores produtoras de maçã do Brasil. No final de abril e começo de maio, o município recebe a Festa Nacional da Maçã. O festival deste ano terminou no último dia quatro. Mas vale marcar na agenda para o ano que vem, porque além de conferir muitos shows e apresentações, dá para experimentar todas as receitas possíveis com a fruta.

Mas fora do festival, o que há para fazer em São Joaquim, além de esperar a neve? Muita coisa. Aqui vão algumas dicas de passeio na região:

>>Uma visita à Serra do Rio do Rastro. A apenas 52 quilômetros de São Joaquim há um mirante que fica a 1 460 meros de altitude e de onde dá para ver os 15 quilômetros de curvas da rodovia SC-438 na encosta da serra. O passeio só não é viável se estiver nevando, quando se torna muito arriscado – mas aí o pessoal pode se divertir fazendo bonecos, jogando bola de neve nos outros...

>>Outra dica é uma visita à Vinícola Villa Francioni. Há a possibilidade de fazer uma visita monitorada que dura uma hora e quarenta e cinco minutos. No percurso, os visitantes conhecem as instalações da vinícola e aprendem sobre as etapas de produção do vinho. Os tonéis de carvalho para envelhecimento, os de inox para fermentação e estocagem, a área de engarrafamento e a adega ficam em um moderno prédio, que tem até elevador panorâmico. Porém, para fazer o passeio é preciso agendar antes e se o cliente comprar um vinho, não paga pela visita.

>>Para os mais aventureiros, uma paradinha no Snow Valley ou Vale da Neve, é a melhor opção. No parque dá para fazer uma bela trilha ecológica acompanhado de um guia, passando por cinco cascatas e uma reserva de xaxins gigantes. Há ainda atividades como a tirolesa de 350 metros de altura, arvorismo e um muro de escalada com 12 metros de altura.

E, para finalizar, um endereço para repor as energias depois da maratona turística no frio de São Joaquim. O restaurante Pequeno Bosque é uma boa sugestão para quem estiver na região. A casa com ambiente colorido e aconchegante serve cardápio variado. Entre as opções estão massas, carnes, peixes, fondues e pizzas. Para ajudar a combater o frio, há uma pequena carta de vinhos, onde se destacam os rótulos nacionais da região. Outra dica: o Bar Ramos tem lareira e serve vinho em taça.

Gostou? Compartilhe: