Shopping de luxo é inaugurado em São Paulo

O shopping Cidade Jardim abriu as portas neste sábado para atendimento ao público. De alto pradrão, o centro de compras está localizado na marginal Pinheiros, no bairro Cidade Jardim, na zona sul de São Paulo.
Vestidos do estilista Carlos Mielle


Segundo informações da CET (Companhia de Engenharia de Tráfego), não há transtornos e lentidão no trânsito nas proximidades do shopping nesta manhã.


Hall


O espaço de 36 mil m
2 --divididos em 120 lojas, um complexo de cinema, uma academia e um spa-- e deve gerar 1.600 empregos diretos.




Pertencente ao complexo Parque Cidade Jardim, que abrange um condomínio de nove prédios residenciais e três torres comerciais, incorporado pela imobiliária JHSF, possui os apartamentos mais caros de São Paulo.


Uma cobertura de 1.700 m2 pode custar R$ 18 milhões. O metro quadrado sai por mais de R$ 10,5 mil.

Fonte: Folha Online

Bolsa, a mulher sempre quer a que tem diferencial e luxo

Boas de bolsa: novas marcas, novas idéias




Se não fosse Chanel, as bolsas continuariam sendo apenas acessórios funcionais característicos do guarda-roupa feminino. Mas a mademoiselle adorava repensar o modo como as mulheres se vestiam, por isso tudo o que criou faz tanto sentido até hoje. Tome a bolsa Chanel 2.55 como exemplo. Linda por fora, prática por dentro, formal e informal na medida. Com ela, Chanel inventou o conceito de it-bag.





Muitas décadas depois, as bolsas continuam sendo objeto de desejo – às vezes a preço de automóveis. A razão é que elas mudam o visual e, um tanto além, revelam a personalidade de quem as porta. Mas não é preciso se prender a logomarcas. Bom gosto e olhar apurado bastam para escolher o acessório certo. Quer ver só? O Chic selecionou oito modelos de cinco marcas pouco conhecidas. Além de lindos, eles têm estilo e força – mesmo quando delicados. De quebra, renovam as etiquetas do seu armário!


Divulgação




A Ibô Atelier faz bolsinhas ótimas para a noite, com tecido em alto-relevo que lembra revestimento de sofá antiguo. As bolsas de Ernane Oliveira têm traço retrô com mix de couros, como o de cabra e o de tilápia. Já a linha da Gibb, assinada pela estilista Karlla Girotto e pela stylist Fawsia Borralho, é perfeita para para quem não tem medo de ousar. Com uma proposta absolutamente nova, a A Fábrica usa os resistentes sacos de cimento misturados a couro e cristais. Por fim, a DF, de Denise Fasano (ex-R.S.V.Purse), lança marca nova com ótimas carteiras de noite: linhas arrojadas em cores básicas. As imagens estão na galeria o lado.


Onde encontrar

A Fábrica
Tel. 31-3201 2158.
http://www.afabricabolsas.com/

Autora: Adriane Hagedorn - Fonte: http://chic.ig.com.br

Manta agora é chic




Uma idéia de decoração superquente

Foto:Adelaide Ivánova


De antenas muito bem ligadas, detectamos uma tendência bem quente na Casa Cor São Paulo 2008, evento que reúne os mais famosos arquitetos, decoradores e paisagistas brasileiros. Se você procura dar um ar contemporâneo à decoração de casa, trate de investir em mantas, xales e pequenos cobertores. Eles agora são item de decoração!

Calma, essa moda não tem nada a ver com aquela dos anos 1990, em que virou febre jogar "displicentemente" um xale country sobre o sofá. A nova forma de dipor as mantas começa pela escolha das peças. Chics, elas são de pele, cashmere ou feitas em tear – mas com fios de ótima qualidade.

Mais: têm aspecto luxuoso, cores neutras (marfim, cáqui, cinza) e são dobradas e colocadas com cuidado no braço dos móveis, em sacolas de couro ou confortavelmente abertas sobre os assentos. A idéia é mais de conforto e gentileza – e menos de enfeite, ufa. Confira as imagens na galeria ao lado e inspire-se!


Casa Cor São Paulo 2008
Até 09.07, de terça-feira a domingo, das 12h às 21h.
Ingressos: R$ 40.
Jockey Club: av. Lineu de Paula Machado, 875, Cidade Jardim, São Paulo – SP.
Tel. 11-3819 7955.
www.casacor.com.br/


Autora: Adriane Hagedorn - Fonte: http://chic.ig.com.br

Black is Beautiful

  • Black is Beautiful

  • Por Claudinete Marques
    O preto não é mais o básico. Exuberante ou provocativo, ele simboliza luxo e poder. Trazendo uma referência do universo gótico, a moda capturou o preto cheio de detalhes, caprichos e ousadia sexy. É cor da temporada, do fetiche. Esse clima pede calçados de saltos altos e bicos petulantes. Com tachas, amarrações, fivelas e glamour em cada passo.


  • Ausência de cor, abundância de sentimentos
    Os reservados preferem-no pela discrição. Os modernos pela imagem clean. Os punks, darks e góticos, pela atitude. Os clássicos, pela elegância. O preto é tão versátil que agrada vários tipos de pessoas, cada qual com seu estilo próprio. Há muitas maneiras de se entender a ausência de cor: introspecção, timidez, revolta, praticidade, luto, elegância, dor, inserção em grupos, etc. Mas, no mundo da moda, as leituras são diversas, e as opções, reflexo do livre arbítrio. Se é para coisa ficar preta, que seja, então, com estilo.

    Ao longo dos tempos, o preto teve sua simbologia alterada. Na época em que monges viviam nas centenárias igrejas que se espalham pelo Caminho de Santiago de Compostela, na Espanha, a cor era comunente usada por religiosos, representando espiritualidade.

    De todos os países europeus, o que começou a inserir o negro nos hábitos foi a Espanha, durante o Renascimento. O rei Felipi, o bom, tinha um gosto especial pelo preto e, depois da viuvez, não o tirou nunca mais. No século XIX, o preto volta na Era Vitoriana, quando a Rainha Vitória, conhecida por sua sisudez, também adotou para o resto da vida o preto depois de viúva.

    Só no século XX, depois da 1ª Guerra Mundial, que o uso de cores se instituiu e o preto ficou de escanteio. E a característica de luto foi rompida por um movimento artístico da década de 80. A ausência de cor volta à tona com “pretos coloridos, ou seja, azul marinho, marrom, verde, todos quase pretos. Assim, as pessoas assimilaram a cor, aliada à idéia de que emagrecia.

    Dois aspectos do passado que devem ser levados em conta para entender as tendências atuais. Da Espanha, é interessante notar que a vestimenta negra renderá uma influência forte da moda masculina inglesa. E, a parte da Inglaterra, que se torna a pátria dos homens bem trajados, a elegância da constância cromática baseada nas cores escuras. Preto, azul marinho e cinza marcam o conceito masculino do discreto, do não aparecer, do não chamar a atenção. Tão forte é este conceito que, até hoje, é difícil ver um rapaz jovem, ao adquirir seu primeiro terno, escolher outra cor senão o preto.

  • Pretinho básico:

  • Na década de 20, a estilista Gabrielle Coco Chanel, criou a expressão ‘la petit robe noir', o pretinho básico, naquele momento, a moda feminina estava sendo modernizada. Chanel causou uma verdadeira revolução funcional, simples e moderna que, por ser despojada, é herança da moda masculina.Enfim, no sobe e desce das tendências, o preto vive um fluxo contínuo.

    Ser moderno nunca deixará de ser black.



  • Fonte: Planetanews

    Claudinete Marques é pesquisadora de moda e tendências de mercado feminino.

    O conteúdo veiculado nas colunas é de responsabilidade de seus autores.

Ela está de volta no Fantástico

Gloria Kalil
Gloria Kalil de volta ao Fantástico nesse domingo



Estava sentindo falta de Gloria Kalil aos domingos na sua TV? Prepare a pipoca: neste domingo (18.05), durante o Fantástico, ela volta a dar dicas – desta vez, não só de etiqueta, mas de moda também!

O novo quadro, chamado Andando na linha, já tem dois episódios gravados. A grande novidade são as assistentes de Gloria, no melhor estilo O Diabo veste Prada! "Não queria apresentar sozinha, não sou atriz. Então decidimos selecionar estudantes de moda na Faculdade Santa Marcelina para participar do quadro. Elas vão me ajudar a dar as dicas", conta Gloria.

Giulia Rosso, que está no quatro ano do curso, e Caroline Toquetti, no terceiro, são as primeiras assistentes. Giulia já trabalha e participa desta estréia, que fala sobre o jeans. Ela gostou da experiência e diz que não rolou nenhum momento à la Anna Wintour. "A Gloria deixou a gente super à vontade. Você fica nervosa, não sabe o que fazer com as mãos, sabe? [Risos] Mas ela foi ótima". Caroline faz coro, mas diz que estava mais tranqüila: "Já tinham me falado que ela era superamigável!".

Só para adiantar: nós já sabemos o nome de pelo menos mais uma das assistentes... É a Antonia Petta, estagiária do Chic! Ela vai participar do quadro que será gravado durante o Fashion Rio, em junho. Que global, hein?

Fonte: Chic News

Um Quimono para comemorar o centenário


No centenário da imigração, quimono é peça-chave!



Ninguém há de negar que o Japão é um lugar em que tradição e modernidade convivem em harmonia. A tese fica ainda mais forte quando o assunto é moda. Tome o quimono como exemplo: a peça é uma herança milenar do vestuário local, que resiste na cultura daquele país em meio aos looks ousadíssimos dos jovens de Tóquio: modelitos inspirados em mangás, combinados a cabelos coloridos.

Em tradução literal, o quimono (着物) quer dizer “o que a pessoa veste”. Originalmente, portanto, referia-se a qualquer indumentária. Mas, hoje, quimono é só quimono: vestes longas, que levam mangas amplas e uma faixa, chamada de obi, presa na cintura.

As peças, que vestem crianças, homens e mulheres, com leves diferenças – os homens, por exemplo, amarram o obi mais abaixo da cintura – invadiram a Europa no século XIX. E, obviamente, viajaram nas malas dos imigrantes japoneses que chegaram nestas terras no navio Kasato Maru, aportado em Santos em junho de 1908.

É a chegada desse navio que marca a comemoração do centenário da imigração japonesa no Brasil. O Chic vem celebrando a data a seu modo: primeiro, mostrando como eles influenciaram a decoração. E, agora, com uma seleção incrível de quimonos e suas releituras – ele é peça-chave nesta festa! Que tal colocar um deles no seu guarda-roupa? Clique na galeria ao lado e entre no clima.


Para saber mais
Keikogi – espécie de quimono, usado como uniforme na prática de artes marciais.
Obi – faixa usada em volta do quimono.
Yukata – quimono casual e com tecido mais leve.
Katabira – quimono sem forro.
Kosode – quimono de mangas curtas.
Furisode – quimono de mangas longas.


Produção: Antonia Petta
Modelo: Suryan (Now Models)
Beleza: Falks e Evandro Dias (Yes Hair Fashion)


Onde Encontrar

Adriana Barra
R. Peixoto Gomide, 1801, casa 5, Jardins, São Paulo – SP.
Tel. 11-3062 0387.
www.adrianabarra.com.br

Erva Doce
Shopping Ibirapuera: av. Ibirapuera, 3103, Ibirapuera, São Paulo – SP.
Tel. 11-5049 2154.

Fubá
À venda na Esencial: r. Araçari, 246, Itaim, São Paulo – SP.
Tel. 11-3168 5601.
www.esencial.com.br

Guria
R. Canário, 1135, Moema, São Paulo – SP.
Tel. 11-5531 8435.
www.guriastore.com.br

Jogê
SAC 0800 118 555.
www.joge.com.br

Juisi by Licquour
Al. Tietê, 43, lj. 06, Jardins, São Paulo – SP.
Tel. 11-3063 5766.
http://juisi.blogspot.com

P'tit
R. Moacir Piza, 95, Jd. Paulista, São Paulo – SP.
Tel. 11-3081 7733.
www.ptit.com.br

Patachou
R. Oscar Freire, 978, Jardins, São Paulo – SP.
Tel. 11-3062 3346.
www.patachou.com.br

Pilar
R. Augusta, 2895, sala 42, Jardins, São Paulo – SP.
Tel. 11-3081 1383.
www.studiopilar.com

Puramania
SAC 11-3081 3551.
www.puramania.com.br

Verve
Al. Lorena, 1924 A, Jardins, São Paulo – SP.
Tel. 11-3083 7431.
www.verve.com.br/



Autora: Gloria Kalil - Chic News

Lugar especial no inverno

No frio de São Joaquim

Tudo indica que vai fazer um frio intenso durante o próximo feriado, na semana que vem, e esse é um estímulo e tanto para aquela turma que curte viajar no inverno. São Joaquim, em Santa Catarina, é um dos destinos mais frios do Brasil. A cidade fica a mais de 1 350 metros de altitude e a temperatura no inverno pode chegar a dez graus negativos. De vez em quando, até neva e, como o fenômeno não é muito comum em território brasileiro, a cidade costuma receber muitos turistas no período de junho e julho, na expectativa de ver o dia amanhecer coberto de branco.
Cláudio Larangeira
Depois da neve: a vista da cidade de São Joaquim, em Santa Catarina

São Joaquim fica 241 quilômetros de Florianópolis, em uma região que é uma das maiores produtoras de maçã do Brasil. No final de abril e começo de maio, o município recebe a Festa Nacional da Maçã. O festival deste ano terminou no último dia quatro. Mas vale marcar na agenda para o ano que vem, porque além de conferir muitos shows e apresentações, dá para experimentar todas as receitas possíveis com a fruta.

Mas fora do festival, o que há para fazer em São Joaquim, além de esperar a neve? Muita coisa. Aqui vão algumas dicas de passeio na região:

>>Uma visita à Serra do Rio do Rastro. A apenas 52 quilômetros de São Joaquim há um mirante que fica a 1 460 meros de altitude e de onde dá para ver os 15 quilômetros de curvas da rodovia SC-438 na encosta da serra. O passeio só não é viável se estiver nevando, quando se torna muito arriscado – mas aí o pessoal pode se divertir fazendo bonecos, jogando bola de neve nos outros...

>>Outra dica é uma visita à Vinícola Villa Francioni. Há a possibilidade de fazer uma visita monitorada que dura uma hora e quarenta e cinco minutos. No percurso, os visitantes conhecem as instalações da vinícola e aprendem sobre as etapas de produção do vinho. Os tonéis de carvalho para envelhecimento, os de inox para fermentação e estocagem, a área de engarrafamento e a adega ficam em um moderno prédio, que tem até elevador panorâmico. Porém, para fazer o passeio é preciso agendar antes e se o cliente comprar um vinho, não paga pela visita.

>>Para os mais aventureiros, uma paradinha no Snow Valley ou Vale da Neve, é a melhor opção. No parque dá para fazer uma bela trilha ecológica acompanhado de um guia, passando por cinco cascatas e uma reserva de xaxins gigantes. Há ainda atividades como a tirolesa de 350 metros de altura, arvorismo e um muro de escalada com 12 metros de altura.

E, para finalizar, um endereço para repor as energias depois da maratona turística no frio de São Joaquim. O restaurante Pequeno Bosque é uma boa sugestão para quem estiver na região. A casa com ambiente colorido e aconchegante serve cardápio variado. Entre as opções estão massas, carnes, peixes, fondues e pizzas. Para ajudar a combater o frio, há uma pequena carta de vinhos, onde se destacam os rótulos nacionais da região. Outra dica: o Bar Ramos tem lareira e serve vinho em taça.

Dieta do abacate, menos 4 quilos em 2 semanas

Dieta do abacate


Menos 4 quilos (ou mais) em 2 semanas!
A convite de BOA FORMA, Cinthia, Sheylla, Renata, Marcela e Luciana aceitaram testar uma dieta capaz de secar rapidinho. O segredo? Comer abacate todos os dias. O resultado? Juntas, perderam 15 quilos. E cada uma reduziu um número no manequim

por Eliane Contreras | fotos Fabio Mangabeira

Como assim, abacate ajuda a perder peso? Essa foi a primeira pergunta das leitoras que toparam fazer uma dieta que tem a fruta como aliada principal. Cinthia Moreira, Sheylla Nunes, Renata Salatino, Marcela Seia e Luciana Sanabria chegaram à nossa redação empolgadíssimas para fazer a avaliação corporal (peso total e da musculatura e porcentagem de gordura), receber as orientações e o cardápio elaborado pelo consultor em nutrição Alfredo Galebe, de São Paulo. Mas, como prevíamos, ficaram desanimadas com a notícia de que teriam de comer abacate três vezes por dia (no café-da-manhã, no almoço e na ceia), durante duas semanas. Pior: antes de dormir, deve ser consumido puro (não vale pôr nem adoçante!). Mas as meninas foram guerreiras: nenhuma deu para trás. E, em poucos dias, surpresa! Descobriram que o abacate é gostoso de qualquer jeito (doce, salgado ou puro) e emagrece de verdade. Você também vai saber como e por quê.

Por ter gordura de boa qualidade e numa proporção excepcional, essa fruta preenche o estômago com facilidade (você fica satisfeita com menos comida) e adia a fome. Marcela é a prova. “Comia abacate no café-da-manhã e ficava cheia por várias horas”, conta. Outra vantagem dessa gordura é baixar o índice glicêmico da refeição, especialmente do carboidrato – ele demora mais para ser transformado em açúcar no sangue e a produção de insulina é controlada. Em excesso, esse hormônio faz a fome voltar rapidinho, além de estimular o organismo a estocar gordura. Mais: a maior parte da gordura do abacate é do tipo ômega 9 – ácido graxo que participa do nosso metabolismo. A fruta ainda tem beta-sitosterol, substância antiinflamatória que reduz a resistência à perda de peso.

Comer o abacate antes de dormir tem mais um propósito: intensificar a ação do GH, hormônio do crescimento que tem o pico de produção à noite. O que isso tem a ver com a cintura sequinha? “No adulto, o GH ajuda a formar músculos e faz o organismo usar a gordura estocada como fonte de energia”, afirma Galebe. Por isso, não vale pular as três colheradas da fruta na hora de ir para a cama.

Sozinho, o abacate não resolve. É importante você combinar porções de carboidrato, proteína e gordura em todas as refeições e deixar doce e refrigerante de lado. Deve priorizar massas e pães integrais, carnes magras, além de outras gorduras boas (azeite de oliva, amêndoa e azeitona). Isso tudo garante o sucesso da dieta e, depois, evita que você volte a engordar. As cinco leitoras afirmam: “Vale a pena.” Então, antes de torcer o nariz, experimente o cardápio. Você tem a chance de ficar tão satisfeita com o resultado quanto elas!


VALE POR UM PRODUTO DE BELEZA

O abacate ajuda você não só a enxugar as gordurinhas mas também traz benefícios para:

A PELE
As substâncias antioxidantes (vitaminas A e E) e antiinflamatórias (beta-sitosterol) presentes na fruta inibem a inflamação das células. “Com isso, o abacate ajuda a combater acne, ruga e celulite”, afirma a nutricionista Eliane Tagliari, da Clínica Nutribioforma, em Curitiba.

O CABELO
A gordura melhora a textura do fio. “Meu cabelo ficou mais macio e brilhante depois que comecei a dieta”, comemora Sheylla.

O CORAÇÃO
O betasitoesterol, em parceria com outra substância da fruta, a L-glutationa, reduz o colesterol ruim sem prejudicar o bom, segundo estudo do Centro de Nutrição Humana da Califórnia (Ucla), nos Estados Unidos. Ou seja, o abacate ajuda a emagrecer ao mesmo tempo que deixa você mais bonita e saudável.


Fonte: Boa Forma

Reflexão para uma boa quinta-feira


MENTIRAS

Separe pelo menos um dia para se curar das mentiras que você tem dito a si mesmo e daquelas que outros têm dito a você. Maya Angelou

Chega um certo momento em que a coisa mais saudável a experimentar é fazer uma pausa para ouvir aquilo que você está dizendo a si mesmo - palavras como: “Eu sou muito estúpido!” “Ai, eu estou quebrado mesmo!” “Eu não sei como!...” “Eu não agüento mais isso!” O impressionante é que, mesmo em meio a esse arsenal de negativismo você tem realizado a contento suas tarefas difíceis e superado obstáculos aparentemente intransponíveis...


Só que você não pode ver as suas próprias realizações pela ótica correta, porque você tem mentido para si mesmo. E você mente por quê? Porque alguém por seu lado lhe tem mentido... Quantas foram as vezes em que você ouviu: “Você não presta pra nada!” “Você nunca vai se dar bem na vida!” “Como você imagina, afinal, que vai conseguir alcançar aquilo?...” E você acredita nessas mentiras... Ou pelo menos nas insinuações de sua suspeitada incapacidade.


A única maneira de erradicar, de afastar a mentira, é substituí-la pela verdade. Você tem que pensar sob o prisma da verdade. E a verdade é que você foi criado à imagem e semelhança do Criador de todo o Universo. E a verdade é que ninguém jamais entregou a sua vida a Deus e a perdeu. A verdade é que Deus amou tanto este mundo que decidiu se encarnar na pessoa do seu Filho, para que finalmente as trevas pudessem ver a luz. A verdade está à sua disposição. Investigue-a!


Autor: Nélio DaSilva

Para Meditação:

Respondeu-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida; ninguém vem ao Pai senão por mim. João 14:6

Reflexão para uma boa quarta-feira


COMECE AGORA

Hoje é o tempo que está disponível a você; agora é a oportunidade de agir. Agora é onde os seus alvos, seus sonhos, seus mais ardentes anseios começam a se tornar realidade.

Bill Parson

Comece agora a alcançar as suas melhores possibilidades. Comece agora a alcançar os alvos que você tem estabelecido. Esses alvos, essas possibilidades, são muito importantes para serem desperdiçadas. Existe algo que ainda hoje você pode fazer em beneficio da concretização dos seus sonhos. Há um passo que você pode tomar ainda hoje.

O que você tem dito a si mesmo que gostaria de fazer? Quem é a pessoa que você gostaria de se tornar? Qual é o estilo de vida que você sempre desejou ter? Desejar apenas não é suficiente. Ter intenção não é suficiente. Em algum momento é necessário tomar uma ação a fim de alcançar as coisas que você realmente deseja. Esse momento é agora.

Não existe uma razão plausível para adiar ainda mais a realização dos seus sonhos. Comece agora, tome uma ação, siga em frente e experimente a incomparável sensação de tornar o seus sonhos – pela graça de Deus – uma abençoadissima realidade.


Autor: Nélio DaSilva

Para Meditação:

Tudo posso naquele que me fortalece. Filipenses 4:13

Cabelos Inspirado nas divas do cinema

FOTOS DIVULGAÇÃO (MAQUIAGEM SILVIO ROCHA E MANOELA RODRIGUES / GRINALDAS SONIA LIMA)

Leonardo Meira

Anos 1940
Inspirado nas divas do cinema, look de fios lisos até a metade do comprimento e depois ondulados e presos. Para isso, o coiffeur usa a escova seguida de babyliss somente no final do comprimento. Arrematar com spray para disciplinar e fixar o penteado.

Fonte: Regina Protásio.

Os cuidados com os cabelos

FOTOS PHILIPPE QUAISSE (PRODUÇÃO LES PETITES/JEAN-LOUIS SHERRER E
SWEETMAN /CABELO SANDRO P / MAQUIAGEM LUCIE SAINT-CLAIR /
BIJOUX LUCIE SAINT-CLAIR BY ELKE JOAILLERIE



Ondas curtas

Contraste da raiz escura com os fios louros na modelagem feita por musse e bobes. Depois de soltos, os cachos são abertos e levantados com as mãos, dando a forma final. Para a morena, balayage vermelha sobre fundo castanho. No penteado foram usados bobes largos para efeito ondulado, sem cachos definidos.


Fonte: Regina Protásio

Chegou maio, o mês das noivas!

FOTOS PHILIPPE QUAISSE (PRODUÇÃO LES PETITES/JEAN-LOUIS SHERRER E SWEETMAN /CABELO SANDRO P / MAQUIAGEM LUCIE SAINT-CLAIR / BIJOUX LUCIE SAINT-CLAIR BY ELKE JOAILLERIE

Visuais para noivas e madrinhas

Maio é o mês das noivas e, por isso, Cabelos&Cia preparou um especial com looks para arrasar no altar. Veja aqui sugestões para noivas e madrinhas de todos os estilos, criadas pela rede francesa Lucie Saint-Clair e pelo cabeleireiro Leonardo Meira, do salão Cassino Coiffure, no Rio de Janeiro.

Lucie Saint-Clair

Neo-romântica

No visual, cabelo preso na lateral em um duplo rabo-de-cavalo trabalhado em anéis obtidos com bobes largos. A franja lisa em diagonal, com a ponta levemente torcida, foi fixada com spray. Grinalda em rede de cristais bordados arrematada por pétalas de flores dá o tom atual da produção


Fonte: Regina Protásio


Um dos melhores restaurantes Árabes do Brasil

Gastronomia como atrarivo turistico
Premiado pelo Guia 4 rodas e reconhecido internacionalmente, o Al Mansul


No dicionário Houaiss, a palavra gastronomia é definida como: 1- prática e conhecimentos relacionados com a arte culinária. 2- o prazer de apreciar pratos finos.

Aristóteles em sua obra ¨Hedypathéia – a vida dos prazeres¨, utilizava o termo gastronomia (gaster – estômago, nomia – forma de lei), como uma forma de estudar as leis do estômago.

Na atualidade, gastronomia é muito mais que arte culinária; que apreciar pratos finos; que estudar as leis do estômago humano. Gastronomia em minha opinião é uma das melhores formas de expressão cultural de um povo, região ou país.

Assim como as artes plásticas, a música, a dança e o folclore, a diversidade de cores, aromas, sabores e a variedade de frutas, grãos, frutos, peixes, animais e temperos, faz da culinária uma inesquecível manifestação cultural.

Faça um breve exercício para lembrar sua última viagem de férias. Você se recorda de alguma peça de teatro, dança, museu ou apresentação cultural que tenha visto?Agora tente lembrar dos pratos, guloseimas e iguarias que provou? O que está mais marcado em sua memória?

Quase sempre é a comida! São as frutas exóticas, os pratos elaborados, os temperos e até mesmo os espetinhos ou petisco de praia. Nossa memória é cúmplice do estômago.

Mato Grosso pode se orgulhar e deveria explorar de forma mais organizada e profissional sua riqueza gastronômica. Só para dar água na boa, vamos lembrar de algumas iguarias típicas: Arroz com pequi, ventrecha de pacu, cabeça de boi, farofa de banana, pirão, furundú, maria izabel, paçoca de pilão, cangingina, licor de pequi, pixé, caldo de piranha, doce de caju, bolo de arroz, entre tantas outras.

A criação e divulgação de roteiros gastronômicos dariam um impulso de qualidade ao turismo regional. A rota do peixe em Bonsucesso e Passagem da Conceição de Várzea Grande; as pastelarias de Jangada; as pamonhas e derivados de milho de Jaciara; os queijos de Alto Araguaia; as uvas, sucos e vinhos de Lucas do Rio verde e Primavera do Leste; as castanhas de Alta Floresta; o pequi e o mel de Chapada dos Guimarães; os doces e a farinha de Livramento, os peixes de Barão de Melgaço, Santo Antonio de Leverger e Cáceres, a cangingina e os doces de Vila Bela, etc.

Para completar nossa riqueza culinária, temos a universalidade gastronômica de Cuiabá, com uma imensidão de bares, restaurantes, espetinhos, peixarias e feiras. Temos a honra e o privilégio de ter uns dos melhores restaurantes Árabes do Brasil, premiado pelo Guia 4 rodas e reconhecido internacionalmente, o Al Mansul. Temos peixarias de excelente qualidade espalhadas pelos quatro cantos da capital. Temos também bons restaurantes rurais na estrada de Santo Antonio de Leverger, Chapada dos Guimarães e Represa do Manso, como o Tacuru no Km 2,5 da MT 351 (estrada para Manso).

Em Cuiabá come-se muito bem, independente dos gostos, paladares e bolsos. De um espetinho que custa 50 centavos nas esquinas, até um bom prato de Bacalhau norueguês. Seguindo as grandes capitais brasileiras, como o Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Curitiba, temos também bairros em que a gastronomia está alterando a paisagem e os hábitos, como a Praça Popular no centro de Cuiabá, que se transformou numa ilha gastronômica, com bares, restaurantes e pizzarias de excelência culinária.

Essa riqueza cultural de nossa terra deve ser valorizada, divulgada e explorada através da indústria sem chaminé, que mais cresce no mundo: a indústria do turismo!



Autor: João Carlos Caldeira Empresário, jornalista e professor universitário.

O melhor restaurante oriental de Goiânia.



A fusion cuisine, movimento que nasceu em Paris no século passado, prega a mistura - ou fusão, numa tradução do termo -- de ingredientes e receitas de distintas vertentes gastronômicas.


Um bom exemplo das criações que podem surgir com esta mescla pode ser conferido no cardápio do Tao, que propõe a reunião de sabores japoneses, chineses e tailandeses com toques ocidentais. Para manter uma renovação constante no menu, a casa recebe uma consultoria semestral do chef Kaká Silva, que cria pratos como o camarão asiático, feito com o crustáceo grande grelhado, purê de batatas com wassabi e molho de ostras (R$ 54,90). Os peixes preparados no Tao chegam a Goiânia cinco vezes por semana, vindos no Nordeste e de países como Chile e Japão. Ingredientes como gengibre, arroz de jasmim e algumas pimentas são importados diretamente da Tailândia. A refeição pode começar com as robatas de vegetais (R$ 3,50) e seguir com o abadejo com gateau, prato principal feito com o pescado grelhado servido com bolo de abobrinha, bacalhau e parmesão (R$ 44,90 em média).


Para finalizar, a variação doce de um típico prato japonês: tempura de sorvete (R$ 12,90). Uma sugestão que cai bem na happy hour é o festival de sushis, sashimis e mais cinco pratos quentes, a R$ 31,90 para mulheres e R$ 39,90 para homens.


A casa foi eleita pelo júri de VEJA Goiânia o melhor restaurante oriental da cidade.


Tao

Especialidade: ORIENTAIS

Endereço: Rua T-48 ,121
Bairro: Setor Oeste
CEP: 74140-130
Telefone: 3251-3333
Site: www.taorestaurante.com.br
Lugares:120
Horário:18h/último cliente (seg. a sex.); e 12h/ 15h e 18h/2h (sáb. e dom.)
Faixa de Preço: $$$

Cartões de crédito:


Serviços:

Fonte: Veja Goiânia

Aproveitando os dias de folgas e férias

Estações termais

Nos dois últimos boletins, eu falei de comida para dias frios, o fondue. Hoje vamos falar de um tipo de atração turística que é um programão para o frio e que pode ser uma alternativa interessante para o feriado de 1° de maio e para os próximos meses.

A idéia é aproveitar os quatro dias de folga numa estação de águas termais. Só por curiosidade, pego emprestado da revista Mundo Estranho uma explicação sobre essas nascentes de águas quentes existentes em diversos lugares do país. Trata-se de água proveniente de reservatórios muito profundos, nos vãos de rochas que compõem o subsolo do planeta. Ali, a temperatura e a pressão são muito altas e essas águas acabam subindo rapidamente para a superfície e, por isso, formam rios e lagos quentinhos. As águas termais possuem também alta concentração de sais minerais, que variam conforme a região em que a fonte se localiza e o tipo de rocha que existe no solo.

Acredita-se que banhos com águas termais tragam benefícios à saúde. Mas se banhar com essas águas não é coisa de agora. Já na antigüidade, gregos e romanos o faziam. Os japoneses também mantêm o costume há séculos.

Os banhos com águas termais são recomendados para quem precisa reduzir a pressão arterial e auxiliam também no tratamento da gota e reumatismo, além de terem poder antiinflamatório e funcionarem até mesmo para problemas dermatológicos. Além de tudo isso, as águas termais estão sendo bastante utilizadas também para finalidades estéticas e têm servido até como ingrediente para cosméticos e perfumes.
Manoel Marques
Piscina do Parque Aquático Hot Park, que é parte do Complexo da Pousada do Rio Quente

Bom, a mais conhecida e bem aproveitada concentração de fontes termais do país fica na cidade Caldas Novas, em Goiás, a 160 quilômetros da capital do estado. Do lençol freático aquecido da região emerge água com até 50 graus de temperatura. Em Caldas Novas existe a Pousada do Rio Quente, um complexo de seis hotéis com uma grande estrutura de lazer, que inclui 19 piscinas de água aquecida, abastecidas pelas 15 nascentes que da propriedade. O lugar foi eleito o melhor resort da região Centro-Oeste na última edição de Veja O Melhor do Brasil. O preço para o casal passar um fim de semana no hotel no mês de maio começa em 767 reais. As diárias incluem café-da-manhã, almoço e acesso aos parques aquáticos.
Divulgação
Interior do Ouro Minas Grande Hotel, em Araxá

Em Minas Gerais, também existem grandes estações termais. A cidade de Araxá tem fontes de água sulfurosas e lamas medicinais que formam o Complexo do Barreiro. A estação termal foi inaugurada em 1942 e tem como destaque uma grande piscina de água termal aquecida a 37 graus. Ela é revestida com azulejos pintados à mão e cercada por janelas com vista para jardins projetados por Burle Marx. Uma opção de hospedagem em Araxá é o Hotel Cidade do Sol, com diárias em torno de 140 reais para casais. Bem ao lado das termas, há o Ouro Minas Grande Hotel, que passou por reformas e é uma ótima opção de hospedagem, mas para maio não tem mais vagas. Em junho há uma promoção: na compra de 3 diárias, os hóspedes ganham mais uma como cortesia. O pacote parte de 460 reais para o casal, com direito a café-da-manhã e jantar. Este valor não inclui, porém, os tratamentos nas termas, que variam entre 36 e 96 reais.
Divulgação
O Itá Thermas Resort e Spa, na beira do lago formado pela barragem da Hidrelétrica de Itá

Em Santa Catarina, a dica é se hospedar em Itá, uma cidade localizada no Vale do Contestado, no oeste catarinense, a aproximadamente 550 quilômetros de Florianópolis. A cidade fica ao lado do grande lago construído para uma usina hidrelétrica. As águas das fontes locais têm altas concentrações de minerais e chegam a 35 graus. Os turistas podem aproveitar seus benefícios no Complexo Turístico Thermas Itá, que conta com 18 piscinas. O Itá Thermas Resort e Spa fica no centro desse complexo de lazer. A hospedagem para o casal no mês de maio sai por 334 reais o fim de semana. O pacote vai de quinta a domingo com pensão completa.

Em São Paulo, uma boa aposta é Águas de São Pedro, no interior do estado, a 200 quilômetros da capital, que também possui águas termais. A cidade tem três fontes de águas aquecidas: a Fonte da Juventude, a Gioconda e a Almeida Salles. Por lá, a dica é se hospedar no Grande Hotel São Pedro, que é administrado por alunos do Senac. Para o mês de maio, o preço de um fim de semana para o casal é a partir de 1 050 reais. O pacote inclui pensão completa e o hotel também oferece alguns tratamentos com águas termais em seu spa.

Para não encerrar o boletim sem dar nenhuma dica para o pessoal da região Nordeste, quero falar da estação Caldas do Jorro, que fica no município de Tucano, na Bahia, a 280 quilômetros da capital do estado. A cidade tem um Parque das Águas com instalações de banho termal a uma temperatura de até 48 graus. Por lá, a dica é se hospedar no Hotel Biliu, que fica próximo às termas. O pacote para o casal, por um fim de semana no mês de maio sai por 200 reais com café-da-manhã.

Fonte/Autor: Marcos Emilio Gomes